Deixe um comentário

Medicina Espiritual – 07 a 08 – SETEMBRO – 2017

                   A Medicina da Floresta é, ideal para aqueles que buscam um aprofundamento do reequilíbrio físico e psicológico. São trabalhos em grupo (rituais) – elaborados para aqueles que desejam entrar em contato com os processos de autoconhecimento e transformação pessoal.
As Medicinas Ancestrais são as mesmas utilizadas milenarmente pelos índios brasileiros, em especial neste encontro, a tribo do Acre os Yawanawá, representado neste encontro pelo pajé Nane e Yawa
Importante destacar que as práticas ancestrais de cura, PRINCIPAIS MEDICINAS ANCESTRAIS / TRADICIONAIS
* Rapé: um preparado indígena com tabaco (seco pilado) e outras substâncias naturais (incluindo algumas aromáticas), principalmente as cinzas das cascas de árvores medicinais, dentre elas: Pau-pereira, Canela de Velho, Murici e Cumaru.

O Rapé é soprado (nunca inalado) via nasal, com aplicadores apropriados (Tepi e Curipe). No norte do Brasil os povos indígenas usam o rapé há séculos, como uma medicina do dia a dia. Algumas etnias, como a Kaxinawa e a Yawanawa, fazem uso do Rapé para combater o cansaço, a ansiedade, a depressão, o estresse físico e psicológico. O Rapé com formulação indígena tem demonstrado a sua eficácia, notadamente, na cura de dependência química (drogas psiquiátricas e ilícitas), nesse caso, aumentando sua eficácia quando associado à outras plantas. Conheça o Rapé DaMata;

* Sananga: um colírio indígena, preparado a partir de um arbusto (Tabernaemontana sananho) encontrado nas florestas amazônicas. É extraído da casca da sua raiz um sumo, em decocção, e utilizado como um colírio natural que opera em duas vertentes energéticas de cura: a física e a psicológica. Apazigua a mente, propiciando melhor visão (interna e fisiológica), e equilibra as emoções.

Os povos indígenas utilizam a Sananga com a finalidade de curar a panema, um tipo de “má sorte”, “desgraça” e “infelicidade” que envolve às vezes os índios. Incapacidade, talvez seja a melhor interpretação. Porém, os índios também utilizam a Sananga para curar doenças bacterianas do olho, como conjuntivite, terçol, vermelhidão e irritações nos olhos. Utilizam a muito tempo para curar e prevenir a catarata. http://www.xamanismoancestral.com.br/artigos/sananga.html
* Ayahuasca: é uma bebida ritualística sagrada (também conhecida com Santo Daime), produzida a partir da fervura de um cipó (Jagube) e uma folha (Chacrona), encontrados nas florestas amazônicas. Possui propriedades / substâncias capazes de expandir a consciência, possibilitando a percepção das sabotagens psicológicas (próprias e alheias), além de aflorar o potencial humano (físico e metafísico), proporcionado pela conexão com o Ser de tudo e de todos. As sessões com a Ayahuasca são celebradas, a exemplo dos índios, na forma de ritos e rituais que evocam os Seres e as Forças da Mãe Natureza. Esta Medicina é muito eficaz quando utilizada no contexto ritualistico, atuando como aceleradora do processo de autoconhecimento e transformação pessoal;
* Kambô: é uma substância, milenarmente utilizada pelos índios e caboclos do Acre, que atua no organismo de forma vigorosa proporcionando mais saúde, vitalidade e harmonia psíquica e conexão espiritual. A secreção extraída de uma perereca (Phyllomedusa bicolor) é aplicada em pequenos e superficiais pontos na pele, gerados com a ajuda de um cipó cicatrizante, incandescente. Conheça mais sobre o Kambô assistindo ao programa especialmente produzido pela National Geografic.

°Tabaco: O tabaco aqui citado, não é industrializado, e sim o Tabaco Xamânico uma planta ancestral. O Tabaco sempre foi considerado pelos índios como uma Planta de Poder, porém caiu em mau uso pelos brancos, perdendo sua força original e seu poder, sendo usado de forma viciante, responsável por terríveis males no organismo.

O tabaco selvagem é uma planta muito poderosa e curativa, em seu estado original e na forma correta de sua utilização. O tabaco é considerado uma das plantas mais sagradas do xamanismo. Ele fumado no Cachimbo Ritualístico, carrega as preces para o Universo.

Informações:
Silvania Oliveira – 99984-7194 (vivo), 9321-1619 (claro) 98483-8363 (oi), 98150-5929 (tim), 3223-3584 fixo)

institutodoser.pvh@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: